Postagem Popular

Posted by : Daniel Pena terça-feira, 1 de setembro de 2015


A chamada Tradução Brasileira da Bíblia (originalmente Tradução Brazileira, também conhecida como Versão Brasileira, ou Edição Brasileira) foi editada no início do século XX. Entre as características da tradução estão a literalidade, fidelidade ao texto base, a referência à tradicional tradução de João Ferreira de Almeida com a colaboração de vários eruditos brasileiros.

O trabalho de tradução tomou de 1902 a 1914, constituindo a comissão o Dr. Hugh Clarence Tucker (presidente, metodista); o Rev. William Cabell Brown, Jr (coordenador, episcopal), Eduardo Carlos Pereira (presbiteriano independente), Antônio B Trajano, John M Kyle (Igreja Presbiteriana do Norte dos Estados Unidos), John R Smith (Igreja Presbiteriana Americana, sulista), Alfredo Borges Teixeira (presbiteriano independente), Hipólito de Oliveira Campos (metodista), Virgílio Várzea e Alberto Meyer (Nova Friburgo), entre outros; colaboraram, entre outros, Rui Barbosa, José Veríssimo e Heráclito Graça.

Os dois primeiros evangelhos foram editados em 1 904, e depois de alguma crítica e revisão, o Evangelho de Mateus saiu novamente em 1905. Os Evangelhos e o livro dos Atos dos Apóstolos foram publicados em 1906, e o Novo Testamento completo em 1 908 (sob o nome de O Novo Testamento Traduzido em Português, Edição Brasileira). Publicada integralmente em 1 917, é erudita, e bastante literal em relação aos textos originais.

Foi reeditada pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) com atualizações ortográficas e gramaticais, entre outras, em 2 010 , também sob forma eletrônica.

Os mais antigos registros de tradução de trechos da Bíblia para o português datam do final do século XV. Porém, centenas de anos se passaram até que a primeira versão completa estivesse disponível em três volumes, em 1753. Trata-se da tradução de João Ferreira de Almeida. 

A primeira impressão da Bíblia completa em português, em um único volume, aconteceu em Londres em 1819, também na versão de Almeida. Veja, a seguir, a cronologia das principais traduções da Bíblia completa publicadas na língua portuguesa. 

1753 - Tradução de João Ferreira de Almeida, em três volumes. 

1790 - Versão de Figueiredo, elaborada a partir da Vulgata pelo padre católico Antônio Pereira de Figueiredo. Foi publicada em sete volumes, depois de 18 anos de trabalho. 

1819 - Primeira impressão da Bíblia completa em português, em um único volume. Tradução de João Ferreira de Almeida. 

1898 - Revisão da versão de João Ferreira de Almeida, que recebeu o nome de Revista e Corrigida, 1ª edição. 

1917 - Versão Brasileira. Elaborada a partir dos originais, foi produzida durante 15 anos por uma comissão de especialistas e sob a consultoria de alguns ilustres brasileiros. Entre eles: Rui Barbosa, José Veríssimo e Heráclito Graça. 

1932 - Versão de Matos Soares, elaborada em Portugal. 

1956 - Edição Revista e Atualizada, de João Ferreira de Almeida, elaborada pela Sociedade Bíblica do Brasil. 

1957 - Bíblia Sagrada Ave-Maria, publicada pela Editora Ave Maria. 

1959 - Versão dos Monges Beneditinos. Elaborada a partir dos originais para o francês, na Bélgica, e traduzida do francês para o português. 

1968 - Versão dos Padres Capuchinhos. Elaborada em Portugal, a partir dos originais.

1969 - Revista e Corrigida, 2ª edição, de João Ferreira de Almeida, elaborada pela Sociedade Bíblica do Brasil. 

1981 - Bíblia de Jerusalém, publicada pela Editora Paulus. 

1988 - Bíblia na Linguagem de Hoje. Elaborada no Brasil, pela Sociedade Bíblica do Brasil, a partir dos originais. 

1993 - Revista e Atualizada, 2ª edição, de João Ferreira de Almeida, elaborada pela Sociedade Bíblica do Brasil. 

1995 - Revista e Corrigida, 3ª edição, de João Ferreira de Almeida, elaborada pela Sociedade Bíblica do Brasil. 

2000 - Nova Tradução na Linguagem de Hoje, elaborada pela Sociedade Bíblica do Brasil. 

2001 - Nova Versão Internacional, publicada pela Editora Vida e Sociedade Bíblica Internacional. 

2001 - Bíblia Sagrada, tradução oficial da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). 

2002 - Bíblia do Peregrino, tradução de Luís Alonso Schökel, publicada pela Editora Paulus.

2009 - Revista e Corrigida, 4ª edição, de João Ferreira de Almeida, elaborada pela Sociedade Bíblica do Brasil.

OBSERVAÇÃO: Pesquisas, adições, comentários e ajustes feitos por Daniel Alves Pena.
"Bem que assim me parece a mim, mas pode ser que outro tenha mais entendimento do que eu”. ....................................................................................................................................

Deixe uma resposta

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Restauracionismo - DanielPweb - Powered by Blogger